Cara nova

MinC anuncia repasse de R$ 70 milhões para obras no prédio da Biblioteca Nacional. Verba integra investimento de R$ 1 bilhão em conservação do patrimônio histórico

  • A Ministra Marta Suplicy confirmou, na semana passada, o investimento de R$ 70 milhões nas reformas de modernização e restauração do prédio-sede da Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro. O dinheiro faz parte de um montante de R$ 1 bilhão que o Ministério da Cultura vai destinar à restauração e conservação de monumentos históricos, como o Pelourinho – em Salvador - e o prédio Gustavo Capanema, na capital fluminense. Do total reservado à BN, R$ 30 milhões são oriundos do PAC das Cidades Históricas. O investimento será utilizado no restauro das fachadas, instalação do mezanino, revitalização do saguão e de três pavimentos; além de obras de conservação dos sistemas elétrico, hidráulico e de ar condicionado – os quais provocaram vazamento de água que prejudicou uma pequena parte do acervo de periódicos, em maio de 2012.

    O prazo para o término das obras é 2015 e a instituição contará com o auxílio de uma equipe da Fundação Getúlio Vargas para a elaboração e implementação do projeto. O Programa de Modernização Institucional e de Infraestrutura foi assinado junto à FGV em janeiro passado contará com quatro módulos, tendo como objetivo a realização de um diagnóstico de melhorias físicas e operacionais, resolvendo, no curto prazo, questões como a climatização da sede.

    Desde os primeiros dias de janeiro, a equipe que conta com cerca de 20 técnicos da FGV trabalha nos diagnósticos e nas coletas de informações. Os primeiros resultados serão apresentados no segundo semestre de 2013, incluindo o estudo de sistema de combate a incêndio e também de melhoria na aclimatação do edifício.

Compartilhe

Comentários (1)