FHist: divulgados temas de debates

De 'meio ambiente' a 'Chica da Silva', festival reunirá historiadores e professores para discutir os mais variados assuntos

  • Os preparativos para o Festival de História (fHist), que acontece entre 7 e 12 de outubro em Diamantina (MG), estão entrando na reta final. A sete semanas do evento, foram divulgados alguns dos temas das mesas de debate, compostas por pesquisadores como Ronaldo Vainfas, Luiz Mott, Boris Fausto, Caio Boschi e Laura de Mello e Souza. Serão cerca de 25 núcleos de discussão, formados por um ou dois palestrantes, além do mediador. 

    Entre os temas debatidos na tenda oficial ao longo dos dias estarão: “Meio ambiente”, “Cláudio Manuel da Costa”, “Prestes e Olga”, “Ver a História”, “Patrimônio e política”, “História para muitos”, “Chica da Silva”, “Comer, beber e rezar”, “Biografia sem cadáver”, “Walt Disney e Monteiro Lobato: o sonho das crianças tem cor?”, “Construir a história”, “Tempos sombrios”, “Inquisição e fé”.

    Além das mesas expositivas – que acontecerão no Tenda dos Historiadores, na Praça Doutor Prado –, o fHist contará com oficinas gratuitas, exibição de filmes no cine-teatro Santa Izabel e apresentação de música. Para quem quiser ganhar um autógrafo de seu autor favorito, haverá a possibilidade de encontrá-lo no Mercado Velho, no Proseando no Mercado, onde será instalada a livraria do fHist.

    Inscrições
    As inscrições para o evento já estão abertas. Para se inscrever, basta entrar no site do fHist [http://fhist.com.br/], preencher uma ficha, e pagar uma taxa. Para estudantes é R$ 30, e não-estudantes, R$ 80. O valor é válido por todos os cinco dias de eventos, e dá direito à entrada na Tenda dos Historiadores, a principal, na Praça Doutor Prado.

    Após a inscrição, e de posse do boleto bancário já pago e de um documento de identidade com foto, ou da carteira de estudante, se for o caso, o interessado deve pegar a sua credencial já em Diamantina, nos dias 7 e 8, em endereço a ser divulgado. No momento, também leva uma pasta com a programação completa, bloco de anotações, caneta e outros materiais do fHist, além de ingressos  para as sessões de cinema no Teatro Santa Izabel, de acordo com a disponibilidade da sala de exibição. As sessões na praça, inclusive a pipoca, são gratuitas.

    A participação nas oficinas do fHist será gratuita, mediante inscrição específica, e dará direito a certificados. Os temas da Oficina de História e a data de abertura das inscrições serão divulgados no site oficial e nos boletins. As Oficinas de Audiovisual e de Educação Patrimonial ainda estão sendo programadas.

    Ainda haverá o espaço para a produção musical, no Música no Mercado, que acontecerá no palco da praça. Para quem quer ganhar um autógrafo de seu autor favorito, haverá a possibilidade de encontrá-lo no Mercado Velho, no Proseando no Mercado, onde será instalada a livraria do fHist.

Compartilhe

Comentários (0)